22 junho 2017

Farmácias de manipulação e a liberação de emagrecedores


Caso seja sancionada, a lei permitirá que farmácias de manipulação importem o medicamento para vendê-lo em dosagens preparadas individualmente para cada paciente

A Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (ANFARMAG) disse ainda não ser possível avaliar quais serão os desdobramentos da liberação do uso de emagrecedores no país para o setor. A Câmara dos Deputados aprovou um projeto que permite o retorno de medicamentos a base de femproporex, anfepramona e mazindol, substâncias que foram proibidas em 2011 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O projeto agora vai para a sanção do presidente Michel Temer.

Em nota, a entidade disse estar acompanhando o tema de forma atenta, mas não adiantou se irá iniciar as tratativas para a formulação desses remédios no país. "Qualquer que seja a decisão, o setor continuará a cumprir de forma estrita as exigências legais, sempre com foco na promoção da saúde da população", declarou a associação.

Leia na íntegra http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2017/06/21/internas_polbraeco,604047/farmacias-de-manipulacao-ainda-nao-avaliaram-liberacao-de-emagrecedore.shtml  

Fonte : Agência Estado , postado em 21/06/2017 19:58