05 agosto 2017

IBOGAINA - Anvisa alerta que a ibogaína é proibida no Brasil


Apesar de ser usada em rituais e de ter supostos benefícios para o corpo, o extrato de ibogaína, que é extraído da raiz da planta iboga, não possui aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Como a substância é produzida fora do país e ainda não passou por nenhuma análise da Anvisa, sua comercialização em todo território nacional é proibida.

24 junho 2017

SANCIONADA A LEI QUE LIBERA ANOREXÍGENOS NO BRASIL

Rodrigo Maia sanciona lei que libera inibidores de apetite

O projeto susta os efeitos de uma resolução da Anvisa de 2011 proibindo a comercialização de alguns medicamentos desse tipo.

Rodrigo Maia, que sancionou a lei, em evento em Brasília

Como presidente da República em exercício, Rodrigo Maia (DEM-RJ) sancionou, sem vetos, na manhã desta sexta-feira, 23, sem vetos, a lei que libera a venda de emagrecedores e inibidores de apetite no País. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do presidente da Câmara. Maia, que passou esta semana no Palácio do Planalto, fez nesta quinta-feira, 22, consultas a entidades médicas para assinar a medida.

22 junho 2017

Farmácias de manipulação e a liberação de emagrecedores


Caso seja sancionada, a lei permitirá que farmácias de manipulação importem o medicamento para vendê-lo em dosagens preparadas individualmente para cada paciente

A Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (ANFARMAG) disse ainda não ser possível avaliar quais serão os desdobramentos da liberação do uso de emagrecedores no país para o setor. A Câmara dos Deputados aprovou um projeto que permite o retorno de medicamentos a base de femproporex, anfepramona e mazindol, substâncias que foram proibidas em 2011 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O projeto agora vai para a sanção do presidente Michel Temer.

Em nota, a entidade disse estar acompanhando o tema de forma atenta, mas não adiantou se irá iniciar as tratativas para a formulação desses remédios no país. "Qualquer que seja a decisão, o setor continuará a cumprir de forma estrita as exigências legais, sempre com foco na promoção da saúde da população", declarou a associação.

Leia na íntegra http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2017/06/21/internas_polbraeco,604047/farmacias-de-manipulacao-ainda-nao-avaliaram-liberacao-de-emagrecedore.shtml  

Fonte : Agência Estado , postado em 21/06/2017 19:58




21 junho 2017

Nova resolução em análise pela Anvisa deve liberar aplicação de vacinas em farmácias


Proposta já passou por uma consulta pública e está em etapa final do processo de regulamentação. Hoje, só clínicas de vacinação podem oferecer o serviço fora do SUS.

Uma nova resolução que trata dos requisitos mínimos para serviços de vacinação no país está em fase de análise pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e, caso seja aprovada, permitirá que farmácias apliquem vacinas. Atualmente, somente clínicas de vacinação, que têm um médico como responsável técnico, estão autorizadas a oferecer o serviço fora do sistema público de saúde.
Entidades que representam os farmacêuticos defendem que a medida ampliará o acesso da população às vacinas. Já entidades médicas expressam temor de que a nova resolução possa reduzir as exigências atualmente aplicadas aos serviços de vacinação, o que acarretaria risco para a população.

Sabe como encontrar a legislação sanitária atualizada pela Anvisa?

Toda a regulamentação sanitária publicada pela Anvisa nos anos de 2016 e 2017 já está disponível de forma compilada no site da Agência. A norma compilada é aquela que traz no próprio texto as informações de nova redação, inclusão, revogação, prorrogação de prazo, retificação e republicação, determinadas por outras normas posteriores.
O portal da Anvisa traz a legislação atualizada e com dados confiáveis a respeito de resoluções, instruções normativas, guias, entre outros regulamentos da Agência. A legislação pode ser encontrada pelo sistema de busca específico de legislação.