19 janeiro 2011

O que motiva o seu time?

Cada pessoa tem um motivo particular para acordar bem-disposto e cumprir suas tarefas diárias com excelência

(Por Sérgio Buaiz)

Um dos maiores erros que um líder pode cometer é acreditar que a sua própria motivação é a mesma que move o seu time. Pessoas são diferentes, vivem fases de vida diferentes, têm experiências diferentes e interpretam os acontecimentos de maneira diferente. Por isso, a motivação de cada pessoa é individual e intransferível.

Um líder jamais irá pensar como o seu time, da mesma forma que sua motivação jamais será a mesma. Entender essa condição é o primeiro passo para um líder manter seu grupo motivado.


Quando se forma uma equipe para realizar um projeto, é possível que todos estejam orientados para o mesmo objetivo, concentrados no mesmo foco e entrosados o suficiente para somarem seus esforços, mas cada um tem um motivo particular para se empenhar ao máximo em alcançá-lo. Cada um espera uma forma diferente de recompensa.

Para algumas pessoas, a motivação passa pela realização pessoal e profissional. Para outros, é apenas o incentivo financeiro que interessa. Em outros casos, é possível que ideologia, crenças, fidelidade e outros fatores sejam a base de sua motivação.

Mesmo entre aqueles que buscam uma recompensa comum, há variações que precisam ser consideradas. Seus funcionários querem dinheiro pra quê? Para comprar um carro novo, uma casa própria, uma viagem de férias ou se livrar das dívidas? O que isso vai representar na carreira de cada um? Como o seu time espera ser reconhecido?

Será que a recompensa que você está oferecendo realmente vai motivar a sua equipe? Será que eles vão desejá-la intensamente a ponto de melhorar seu desempenho individual para alcançá-la mais rápido? É uma recompensa palpável?

Clareza - Entenda uma coisa: quanto mais clara for essa recompensa, melhor. Recompensas subjetivas tornam-se fantasias e não se realizam. Se você prometer algo indefinido, o empenho da sua equipe também será indefinido, assim como o resultado final.

As pessoas serão reconhecidas? Como? Terão foto publicada no jornal da empresa? Serão promovidas? A qual cargo? Quando? Todos vão ganhar um dia de folga? Uma viagem? Para qual lugar? Será distribuída uma parte da comissão? Qual o percentual? Como será a divisão entre os membros da equipe? Como serão pagas essas comissões?

Para que a equipe esteja realmente envolvida e empenhada em realizar o projeto da melhor forma possível, não adianta apenas distribuir tarefas e obrigações. É preciso que o sucesso e as recompensas também sejam compartilhados.

Quando a equipe não tem participação nos resultados, estará empenhada em fazer apenas o mínimo para manter seus empregos. Neste caso, o líder não deve esperar qualquer desempenho acima da média. Entretanto, isso é um grande erro! Mesmo que não haja verba para remunerar os membros da equipe, já citei vários exemplos de como se pode recompensar a equipe sem desembolsar um tostão.

Um verdadeiro líder sabe criar novas formas de premiar, reconhecer e motivar sua equipe. Saia do lugar comum e coloque a mente para funcionar!

O que move - O sucesso de um projeto produz resultados em cadeia, que devem ser interpretados individualmente como sucesso pelos membros da equipe. Caso contrário, eles irão pensar que o projeto é "da empresa" ou "do líder". Mais uma vez, é importante lembrar que cada pessoa define "sucesso" de uma forma diferente. Em alguns casos, "sucesso" pode estar associado à aquisição de bens materiais. Em outros, pode significar a realização de um sonho, maior tranqüilidade, segurança, status, poder...

Não importa o que as pessoas querem alcançar. Entretanto, é fundamental que o líder saiba identificar o que move cada um dos seus pupilos. O que faz com que eles acordem todas as manhãs bem-dispostos? O que faz seus funcionários aproveitarem melhor o tempo, produzindo, criando alternativas e realizando as tarefas diárias com mais atenção? O que leva a sua equipe a manter-se fiel e motivada em busca daquele objetivo da empresa?

Dinheiro? Quanto dinheiro? Se você souber essa resposta, é melhor que nada, mas a verdade é que "dinheiro" não motiva ninguém realmente. Ninguém sonha com dinheiro. As pessoas querem dinheiro para adquirirem "alguma coisa", e é isso o que importa. Seu funcionário quer um carro novo? Qual carro? Seu vendedor quer ter uma casa própria? Em qual bairro? Com quantos cômodos? Sua gerente vai casar? Quando? Sua secretária quer viajar? Para qual lugar? Por quantos dias?

Antes de iniciar qualquer projeto, sugiro que você reúna a sua equipe para uma conversa informal. Defina claramente as atribuições e recompensas de cada um. Depois, peça para eles imaginarem e compartilharem com os outros o que esperam alcançar. Como aquilo irá melhorar suas carreiras? Como poderão realizar um sonho? Como gostariam de comemorar essa conquista? Um churrasco? Uma festa? Uma viagem de final de semana? Um dia de folga para passar com os filhos?

Alavanca - Quando você sabe o que realmente motiva cada membro da sua equipe, conta com uma alavanca poderosa para incentivá-los. Sempre que um deles estiver meio chateado, cansado ou disperso, você poderá lembrá-lo: "Ei, fulano! Como vão as coisas? Quando vamos dar aquela volta em seu carro novo? Já foi na concessionária fazer um test-drive? Falta pouco! Vamos lá que você merece!"

Se forem sonhos materiais, estimule o pessoal da sua equipe a colocar fotos desses sonhos em suas mesas. Podem usar como fundo de tela em seus computadores, em porta-retratos ou o que for. O importante é que os sonhos estejam sempre visíveis, para que eles não se esqueçam o motivo pelo qual devem se empenhar ao máximo.

Percebeu a importância de saber o que seu time deseja? Quanto mais clara for a motivação de cada um, mais empenhados eles estarão na realização de suas tarefas diárias.

Se você monta uma equipe para realizar um projeto e não deixa claro os benefícios que cada um terá ao alcançá-lo, eles não vão se empenhar como deveriam. Se você tem um objetivo grandioso, mas acha que seus funcionários ficarão motivados em receber o salário de sempre, terá que empurrá-los para que os prazos sejam cumpridos e tudo saia conforme o esperado.

Seja um verdadeiro líder e aprenda a motivar o seu time. Seja criativo! Descubra o que eles querem e ofereça meios para eles alcançarem.

Você irá se surpreender com os resultados!

(*) Sergio Buaiz é publicitário e escritor, autor do livro "Marketing de Rede - A Fórmula da Liderança", diretor de Projetos da Comunidade BeFriends, membro do conselho editorial da revista Vencer! e embaixador da Universidade do Sucesso.