17 agosto 2010

Palavra do Coach sobre Treinamento On-line em Assistência Farmacêutica (1º encontro 20/08/2010)

Já temos inscrições de colaboradores de CRF's, de Farmacêuticos de Grandes e Importantes Distribuidoras de Matérias Primas do centro do país, o que, para mim, evidencia a carência de informações sobre este assunto. Sou sabedor que nossos colegas farmacêuticos, ao “ouvirem” que o tema é legislação, logo se põem de lado, mas reforço que entendendo as Leis e Normas todo o trabalho fica mais tranquilo.

     ”A Organização Mundial da Saúde, em seu documento sobre o papel do farmacêutico no sistema de atenção à saúde, preconiza como uma das atribuições do farmacêutico o aconselhamento de pacientes no tratamento de problemas de saúde menores, que não requeiram consulta médica ou medicamentos de prescrição. O farmacêutico encontra-se numa posição estratégica na orientação sobre o uso de medicamentos sem prescrição, dado sua acessibilidade e formação. Diariamente, muitas pessoas procuram a farmácia e questionam os farmacêuticos sobre seus sintomas e este deve estar apto à auxiliar o paciente durante a dispensação desses medicamentos, de modo a garantir a segurança do paciente e otimizar os resultados terapêuticos”.

Além de propiciar esta segurança na Assistência Farmacêutica, nosso trabalho com as leis e normativas irá promover também o entendimento de que o profissional farmacêutico, além de atender a uma prescrição médica, também é habilitado para complementa-la e indicar vários outros produtos, cuja necessidade seja percebida durante a Assistência Farmacêutica e seja regulamentada pelo CFF. Nosso curso on-line também pretende transformar as fiscalizações éticas e sanitárias em um processo natural e corriqueiro, sem os habituais “estresses”. O Farmacêutico ficará em uma situação confortável nestes processos fiscalizatórios, pois terá a confiança necessária para receber as fiscalizações, propiciada pelo conhecimento e entendimento das normativas, atendendo a todas as exigências legais. Sabedores de seus DIREITOIS e DEVERES, o profissional farmacêutico terá mais tranquilidade para executar as funções a eles delegadas.