12 setembro 2016

OPORTUNIDADE - Serviços Farmacêuticos - como regularizar , treinar e ofertar!

                         Olá,

Quando falamos em treinamento vem logo a pergunta: treinar para que? Essa pergunta não parte só do funcionário, mas também é uma “preocupação” do empresário que pensa de maneira subliminar. Ele pensa que vai preparar melhor um funcionário para depois perdê-lo para o mercado, pensa que estará “cavando a sua própria sepultura” treinando pessoas para outrem.

Bem, essa é uma maneira bem equivocada de pensar. Em Primeiro lugar porque quem pensa assim sempre terá funcionários de menor nível em suas empresas, em segundo lugar precisamos lembrar que todos, bem ou mal, sempre treinamos nosso pessoal, ainda que de maneira “prática” e sem uma metodologia adequada, sempre treinamos e ensinamos nossos funcionários a fim de que eles possam executar as tarefas e/ou vendas com a melhor eficiência e eficácia possível. Fazemos isso para conseguir melhores resultados, tanto financeiros, como no atendimento ao cliente a fim de conquistá-lo e mantê-lo em nossa empresa. Então, já treinamos. Mas precisamos treinar com método.  Mas como fazer isso?

Como disse, todos treinamos nosso pessoal, os preparamos para que se enquadrem nas normas e regras de nossa empresa, e acima de tudo, preparamos nossos funcionários para que eles possam ter mais resultados para si e consequentemente para nossas empresas. O fato é que o fazemos de maneira arbitrária.

Um detalhe importante é que quando falamos em pessoal estamos falando da matéria mais importante e que é o maior diferencial de qualquer empresa. As pessoas são, sem dúvida nenhuma, a parte mais importante e essencial de uma empresa. Não são as Empresas que fazem negócios com os Clientes, são as Pessoas que fazem negócios com as Pessoas.

É importante quando treinamos nosso pessoal, lembrar ao funcionário que o seu aprendizado será um bem, em primeiro lugar para ele mesmo. Ele deve vestir em primeiro lugar a sua própria camisa, que será a sua marca e o seu desenvolvimento enquanto pessoa e ser humano, capaz de obter o seu sucesso, e depois sim, ele poderá vestir a camisa de nossa empresa. Quem não veste a sua camisa, não pode vestir a nossa. Quem não quer aprender a servir não serve para viver.

Quando temos funcionários capazes, aptos ao aprendizado, mas não o treinamos o perderemos, porque estes querem aprender e vão buscar isso em outra empresa…

Sempre teremos funcionários que precisam de motivação; quando se fala em treinamento, se fala também em treinamento motivacional.

É interessante lembrar que mesmo quem “saiba fazer” precisa de treinamento sim, sabe por que? Porque quem não treina perde o foco mais cedo ou mais tarde.  Vamos ver dois exemplos de homens que obtiveram o maior destaque na sua área de atuação e vejamos se eles treinavam ou não. Um deles foi o nosso amado Airton Sena, treinava demasiadamente, era muito disciplinado e determinado, sabia fazer, mas não parava de treinar; o outro é o maior campeão de Fórmula 1 de todos os tempos: Michael Schumacher, treinava obcecadamente, cada vez que ganhava uma corrida treinava mais e mais para continuar ganhando…

Outro motivo para o treinamento é estar preparado para um momento quando se defrontar com uma situação, às vezes inusitada, às vezes não rotineira, mas que é bom estar bem atendo e ágil para quando se passar por ela se “tirar de letra”.  

Texto de Benito Pepe - http://www.benitopepe.com.br

Desenvolvi um treinamento para Farmacêuticos e Colaboradores direcionado a regularização, normatização e oferta de SERVIÇOS FARMACÊUTICOS nas Farmácias com manipulação e Farmácias sem manipulação (Drogarias).

Os “serviços”, já sabemos, é o diferencial competitivo do Mercado de Farmácias nesta década. Mas como todo serviço de saúde é regrado pela ANVISA e Conselho Federal de Farmácia! “ NÃO BASTA QUERER, PRECISAMOS SABER COMO FAZER”.

Mas não basta saber como fazer! Precisamos saber ofertar!

Este treinamento consiste em módulo on line (apresentação de legislações e técnicas de venda de serviços) e módulo presencial (aplicação dos conceitos e tira dúvidas).

Gostou deste modelo de treinamento? Tens sugestões? Tens dúvidas? Quer agendar uma conversa sem compromisso?

Em respeito, Clientes da Brum Consulting contam com valores diferenciados e prioridade de agenda.

FAÇA CONTATO!

Abraço!



Luís Fernando Brum
Consultoria Farmacêutica
(41) 9936.9977 – TIM - WhatsApp
(51) 9696.6644 VIVO                                                                                                         
lfbrum254 - Skype